socioeco.org
Resource website of social and solidarity economy

(Im)Possibilidades da economia popular solidaria no processo de emancipação da mulher: um estudo de caso no Assentamento Rural Pastorinhas

Dissertação Mestrado em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local do Centro Universitário UNA, Brasil

Fernanda DE LAZARI CARDOSO MUNDIM, 2010

To download : PDF (830 KiB)

Summary :

Este estudo analisa o processo de emancipação da mulher em arranjos sócio-produtivos da Economia Popular Solidária (EPS) a partir de um estudo de caso no Assentamento Rural das Pastorinhas, localizado na região de Brumadinho, Minas Gerais. Entende-se que a EPS pode contribuir para o enfrentamento das desigualdades de gênero, pois reconhece e procura fazer frente a diferentes formas de discriminação, não apenas relacionadas ao gênero, que se manifestam na sociabilidade em sua dimensão política, cultural e econômica. Ao propor ressignificar o trabalho a partir da satisfação das necessidades pessoais e não pelo seu valor de troca, a EPS contribuiria, dentre outros fatores, para o rompimento da divisão sexual do trabalho. Além disso, o discurso da Economia Popular Solidária reconhece a relevância da inserção dos atores sociais, inclusive e sobretudo as mulheres, na organização comunitária e política de seus arranjos sócio-produtivos. Para se problematizar a condição das mulheres no Assentamento Pastorinhas foram realizadas entrevistas semi-estruturadas em profundidade com diferentes participantes desse empreendimento e realizadas visitas de campo, tanto no assentamento quanto nos locais nos quais são comercializados os produtos do Pastorinhas, sendo possível observar e interagir com os indivíduos em seu cotidiano, verificando a articulação social, a organização produtiva e o relacionamento com realidades e atores externos ao assentamento analisado. Apesar da comunidade do assentamento apresentar certo de grau de organização baseada nos princípios solidários e cooperativos da EPS, ainda existem desafios a serem superados no processo de emancipação dos assentados, sobretudo com relação às mulheres.

Sources :

mestradoemgsedl.com.br