socioeco.org
Sito di risorse documentarie sull’economia sociale e solidale

Cooperativismo de crédito – sistema ecosol ADS/CUT

Rosemary Gomes, Pauline Grosso, giugno 2003

Objetivos do Sistema Ecosol

O objetivo geral do Sistema Ecosol é organizar uma rede de instituições financeiras locais de caráter coletivo e solidário para dinamizar o desenvolvimento local.

Os objetivos específicos do Sistema Ecosol são:

  • Mobilizar a poupança das populações de renda baixa;

  • Possibilitar o acesso ao crédito por parte destas populações;

  • Promover o desenvolvimento local sustentável e solidário através de projetos produtivos orientados por tais princípios.

Princípios do Sistema Ecosol

Gestão política democrática, participativa e solidária, com cooperação financeira e social entre os trabalhadores e entre as cooperativas;

Gestão profissional com viabilidade econômica e financeira e de qualidade dos serviços e transparência administrativa;

Descentralização administrativa e flexibilidade quanto às condições locais, garantindo proximidade social, confiança e conhecimento mútuo entre o sistema e os seus associados, a fim de estabelecer um sistema eficaz de controle social e de valorização da comunidade;

Promoção da elevação e da distribuição da renda, do desenvolvimento humano e da cidadania, através de financiamento de empreendimentos econômicos articulados a processos contínuos e permanentes de formação, de educação integral e de qualificação técnica e profissional;

Promoção do desenvolvimento local com ênfase no desenvolvimento sustentável e respeito à diversidade étnica, cultural, regional, ambiental e de gênero.

Cooperativa central: Tem como funções executar a contabilidade, auditorias e a assessoria financeira das cooperativas singulares. Além disso, ela gerenciará um sistema de informações que permitirá um monitoramento de todo o Ecosol a fim de garantir a sua viabilidade econômico-financeira e rentabilidade social.

Bases de Apoio: são o elo local da cooperativa central com as cooperativas singulares. São elas que dão assessoria à gestão das cooperativas de crédito, além de promover a capacitação de cooperados e do quadro diretivo da cooperativa.

Cooperativas singulares: constituem a base do Sistema Ecosol. Lá são realizadas as operações financeiras de captação e crédito junto a população local.

Gestão do sistema

Mobilização de associados

A mobilização da base social das cooperativas tem como objetivo a transparência administrativa e o permanente controle social e constitui-se na base fundamental da gestão do Sistema. Este processo é realizado de forma permanente através da sensibilização dos sócios em torno dos objetivos e princípios das cooperativas e da participação dos associados nas decisões estratégicas de gestão das cooperativas.

O processo de sensibilização é realizado através de reuniões frequentes nas comunidades, da articulação com sindicatos e movimentos sociais, da divulgação da cooperativa nos meios de comunicação, da realização de assembléias participativas, de conferências municipais e regionais de cooperativismo de crédito e da ação de agentes comunitários de crédito

As cooperativas adotam também mecanismos especiais de estímulo à participação de mulheres, buscando reduzir as assimetrias de gênero.

Captação de Poupança

A captação e a mobilização da poupança local é o principal fundamento da viabilidade econômica e social das cooperativas de crédito do Sistema. Estimular e criar condições institucionais mais favoráveis à poupança tem também o objetivo de gerar condições para que as populações mais pobres tenham um melhor planejamento financeiro para resistir a situações emergenciais e realizar pequenos investimentos.

A poupança é efetivada através da capitalização das cooperativas, através da cotização pelos associados e através de depósitos a vista e depósitos a prazo. Os principais mecanismos utilizados pelo Sistema para captação da poupança são a prestação de serviços, remuneração a taxas acima do mercado, campanhas e prêmios, poupança programada, reciprocidade com as operações de crédito e parcerias com sindicatos, associações e outras instituições locais.

Fonti :

D-P-H (Dialogues, Propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale) www.d-p-h.info/index_fr.html