socioeco.org
Resource website of social and solidarity economy

Uma analise do trabalho nos empreendimentos solidarios formados por mulheres

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Ivanice Cerruci, Maria de Fátima S. Aranha, Eliene Gomes Dos Anjos, marzo 2016

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Para bajar : PDF (120 KiB)

Resumen :

Este estudo enfoca os empreendimentos econômicos solidários (EES) constituídos exclusivamente por mulheres no estado da Bahia. Visa analisar as condições de trabalho e as dimensões organizativas desses EES. Para tanto, utiliza-se de um levantamento bibliográfico sobre os processos de informalidade no mundo do trabalho no Brasil e um estudo quantitativo com os dados do Segundo Mapeamento Nacional da Economia Solidária, realizado pela Senaes, entre 2009 e 2013. Com o SPSS, realizou-se um filtro com os 19.708 EES mapeados para selecionar aqueles formados somente por mulheres no estado da Bahia, resultando em 184. A base investigada é constituída, em sua maioria, por grupos informais (66,3%), seguido de associações (22.8%). Apesar de a informalidade imperar nas organizações de mulheres, nesta base os resultados são animadores, pois 51,6% dos EES conseguiram a época do Mapeamento pagar as despesas e ter um excedente ainda que 32,6% tenham somente pago as despesas sem nenhuma sobra.

Fuentes :

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016