socioeco.org
Site ressources de l’économie sociale et solidaire

Políticas de Microcrédito no Brasil: uma Análise a Partir do Caso dos Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs)

VI ENAPEGS 2012. EIXO TEMÁTICO 1: ECONOMIA SOLIDÁRIA E COOPERATIVISMO

Ariádne Scalfoni Rigo, Genauto Carvalho de França Filho, Jeová Torres Silva Júnior, 2012

À télécharger : PDF (330 Kio)

Résumé :

Este ensaio situa a realidade atual dos Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs) no campo das finanças solidárias no Brasil, caracterizando a natureza singular de suas práticas em relação ao contexto das políticas de microcrédito no país. Aborda-se o alcance de tais políticas na sua capacidade de responder ao problema do acesso ao crédito no contexto da informalidade na economia. Com base num panorama geral, o texto avalia potencialidades e limites de tais práticas na construção de uma agenda renovada de tratamento da questão do microcrédito no Brasil. Conclui-se que os BCDs são portadores de uma concepção diferenciada de tratamento do microcrédito, com potencial elevado de contribuição para resolver as insuficientes as políticas de microcrédito. Por outro lado, uma série de desafios se impõe à prática do fortalecimento dos BCDs no Brasil, em razão, principalmente, da ausência de uma ambiência institucional que permita acolher suas experiências. Este ensaio também procurou apontar alguns destes desafios.