socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

Saúde mental e economia solidária: análise das relações de trabalho em uma cooperativa de confecção de Porto Alegre

Psicol. Soc. vol.18 no.2 Porto Alegre May/Aug. 2006

Kátia Salete Barfknecht, Álvaro Roberto Crespo Merlo, Enrique Caetano Nardi, Maio 2006

Ler artigo completo na página de : dx.doi.org

Resumo :

Este artigo aborda as vinculações entre o prazer, sofrimento e a organização do trabalho no cotidiano dos trabalhadores de uma cooperativa inserida no movimento da Economia Solidária. Como proposta do estudo, articulamos uma interpretação macro social do contexto socioeconômico, com uma análise micro social baseada na perspectiva da Psicodinâmica do Trabalho. Analisamos, em conjunto com os trabalhadores, as atividades de corte, costura e serigrafia desenvolvidas no empreendimento solidário. Os resultados apontaram para a identificação dos trabalhadores com o cooperativismo, bem como com a possibilidade das relações solidárias e do gerenciamento, transformando o sofrimento em prazer, favorecendo a saúde mental através da rediscussão constante da organização do trabalho e da criação de novos modos de viver o trabalho.

Fontes :

Repositório científico de acesso aberto de Portugal

scielo.br