Rumo a uma transição ecológica

Cidades en transição

O movimento de Transição é uma abordagem federativa e global, que nasceu na Grã Bretanha em setembro de 2006 na pequena cidade de Totnes, a partir da experiência do professor de permacultura Rob Hopkins, na Irlanda, um ano antes. Hoje há mais de 700 iniciativas de Transição em uns quinze países, entre os que se encontram os Estados Unidos, a África do Sul e a França.

Transição energética

Face ao conjunto de ameaças da escassez de energias fósseis e das alterações climáticas cada vez mais percetíveis, há cidadãos/s que optam por uma energia diferente: local, partilhada, ecológica, coletiva e cooperativa. Trata-se, por um lado, de sensibilizar para o consumo de energia em geral e implementar soluções de menor consumo e acabar com a dependência energética em relação às energias fósseis ou nucleares e por outro lado, iniciar a transição energética que coloque o consumidor o mais próximo possível dos recursos.