socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

EMPREENDIMENTOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA: CAMINHOS DA (IN)VIABILIDADE?

Dissertação Mestre em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – Brasil

FABIO JARDEL GAVIRAGHI, 2010

Ler artigo completo na página de : tede.pucrs.br

Resumo :

Este trabalho refere-se a uma pesquisa desenvolvida durante o período de realização do mestrado em Serviço Social na PUCRS. Esta pesquisa teve como objetivo principal analisar as formas de sustentabilidade que os empreendimentos de Economia Solidária oferecem a seus associados, com vistas a contribuir com as políticas sociais. As transformações societárias recentes modificaram as condições de vida da classe trabalhadora. A ampliação do desemprego e da precarização do rabalho, principalmente através de fatores como a reestruturação produtiva, a adoção de políticas respaldadas no ideário neoliberal, da globalização e da III Revolução Industrial, obrigou uma parcela significativa de sujeitos a procurar outras fontes de geração de renda. Entre elas está a Economia Solidária, que é uma forma de geração trabalho e renda de maneira solidária e autogestionária. O tipo de pesquisa é qualitativo através de um estudo exploratório com associados de dois empreendimentos.

Os empreendimentos encontram desafios constantes no caminho para a viabilidade econômica, em especial no processo da produção, na comercialização, no acesso ao crédito,entre outros. A forma encontrada para encarar e superar estas limitações é através do trabalho coletivo solidário, entre os próprios associados e entre cooperativas, criando redes solidárias, abrindo a possibilidade da participação de todos na gestão do empreendimento, bem como através de parcerias.

Fontes :

Repositorio Cientifico de Acesso Abierto de Portugal

Pucs.br