socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

Os sentidos da economia solidária: os caminhos da construção da autonomia coletiva e organizativa

São Paulo : Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, 2007. Tese de Doutorado em Psicologia Social.

Marilene Zazula Beatriz, 2007

Download : PDF (790 KiB)

Resumo :

O presente estudo teve como objetivo comparar os sentidos sobre Economia Solidária presentes no Documento Base da I Conferência Nacional de Economia Solidária e os sentidos que estão em uso nos espaços de trabalho, de um grupo de trabalho informal constituído por mulheres da Comunidade Monte Moriá, para investigar as coerências e incoerências entre o que é discutido institucionalmente e o que é vivenciado no cotidiano das pessoas. Busca-se referenciar este campo com a perspectiva teórica do construcionismo social, usando referências da Economia Solidária de Singer (2006; 2004; 2000; 1999), Mance, (2003), Arruda (2006), Tiriba (2004), Souza (2006), bem como das práticas discursivas e produção de sentidos (Spink, M. J., 2000), na Psicologia Social. Os métodos que caracterizam esta pesquisa são o estudo de caso de um grupo de trabalho informal, entrevistas em profundidade realizadas com integrantes do grupo; além da observação participante em relação ao seu progresso durante um ano e meio e a análise do Documento Base que subsidiou a realização da I Conferência Nacional de Economia Solidária. O estudo permitiu concluir que se faz necessário maior aproximação do movimento da Economia Solidária institucionalizado com os atores sociais para torná-lo legítimo no cotidiano das pessoas e grupos da sociedade como um todo

Fontes :

Biblioteca digital de la PUCSP www.sapientia.pucsp.br/