socioeco.org
Resource website of social and solidarity economy

Economia popular e solidária a partir de associações rurais e suas contribuções no desenvolvimento local no municipio de NOVA FÁTIMA-BAHIA.

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Ricardo Cunha da Silva, Ozileide Matos Moreira, Março 2016

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Download : PDF (240 KiB)

Resumo :

O Município de Nova Fátima, no semiárido baiano, vem há alguns anos mudando a forma de permanência do agricultor na região, a partir de ações de cooperação entre agricultores e em parceria com projetos juntos ao governo do Estado. A forma como os agricultores tem se articulado as Associações Rurais mostra que há possibilidades de organização mútua e a disseminação da prática da Economia Popular Solidária como uma oportunidade para aperfeiçoar a produção agrícola local e as práticas de convivência e reprodução social na região de origem. Isso tem contribuído com as mudanças na dinâmica regional, onde apesar das adversidades climáticas, a prática e o conhecimento compartilhado entre agricultores são disseminados sem fins lucrativos, além de propagar a necessidade de se conviver em harmonia com o ambiente local, afirmar a identidade regional, representar e valorizar a autogestão dos estabelecimentos rurais, superando assim o desemprego e as diferenças sociais.

Fontes :

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016