socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

Produção associada, saberes e bem viver: Multiplos olhares a partir da produção da vida material e imaterial em comunidades e povos tradicionais de Mato Grosso

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Ana Paula Bistaffa de Monlevade, Camila Emanuella Pereira Neves, Edson Caetano, Iorim Rodrigues da Silva, Janaína Santana da Costa, Março 2016

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Download : PDF (120 KiB)

Resumo :

O presente texto versa sobre as relações entre trabalho, educação e produção associada; o objetivo é reunir fundamentos teóricos e empíricos que substanciem a análise dos nexos existentes entre economia, cultura e saberes na tessitura das relações sociais. Compreendemos os processos de trabalho como processos educativos na constituição de culturas do trabalho inspiradas nos princípios da autogestão do trabalho e da vida social, partimos da premissa de que, como categoria histórica, a análise da produção associada requer a reconstrução das condições objetivas/subjetivas dos espaços/tempos em que ela se constitui e é constituída. Nossa reflexão se debruça sobre os estudos e dados empíricos resultantes de pesquisas realizadas no âmbito do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Trabalho e Educação (GEPTE), a partir do Projeto de Pesquisa intitulado Trabalho associado, cultura do trabalho e saberes da experiência: resistência e produção da vida em comunidades tradicionais de Mato Grosso (CNPq).

Fontes :

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016