socioeco.org
Resource website of social and solidarity economy

“A fuga das abelhas”: Alerta sobre um possivel “Colapso da colônia” e impacto na economia do territorio de Irecê

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Rayane Reinaldo Santiago, Renata Silva de Jesus, Março 2016

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Download : PDF (120 KiB)

Resumo :

O Território definido como espaço, socialmente construído, geograficamente delimitado com afinidades socioculturais, caracterizado por critérios multidimensionais. O Território de Irecê está localizado no semiárido baiano, suas atividades econômicas giram em torno do cultivo de feijão, milho, mamona, fruteiras, bovinocultura e pequenas criações de caprinos, ovinos, apicultura e  meliponicultura e atividades não agrícolas. A apicultura, uma das grandes opções para a agricultura familiar por proporcionar o aumento de renda, através da oportunidade de aproveitamento da potencialidade natural de meio ambiente e de sua capacidade produtiva. No território, vem sendo relatado uma diminuição da produção de mel, embora a bibliografia comprove o aumento da produção do mel no território e na Bahia em si, ficando a hipótese de o motivo ser o “Distúrbio do Colapso das Colônias (DCC)”. Foi utilizado o método de pesquisa descritiva, analítica e exploratória com abordagem qualitativa, como forma de alertar sobre o possível DCC no território.

Fontes :

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016