socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

A trajetoria da CÁRITAS no fortalecimiento da economia popular solidária no Brasil

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Andressa de Sousa Santos Ferreira, Cleiton Agnelo Pinheiro São João, Março 2016

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Download : PDF (290 KiB)

Resumo :

A Economia Popular Solidária (EPS) se apresenta como um reforço reativo ao Neoliberalismo de modo a minimizar as consequências causadas pela desigualdade social baseando-se nas relações cooperadas e estratégicas de seus agentes. Nesse sentido, a Cáritas Brasileira atua no desenvolvimento de programas de apoio a parcelas carentes da sociedade através de 8 secretariados por todo o país. Assim, o objetivo geral deste artigo buscou apresentar a trajetória da Cáritas Brasileira na promoção do movimento popular e solidário da atividade econômica, ressaltando a relevância dessa entidade para o setor. A metodologia utilizada seguiu a linha de pesquisa bibliográfica e documental, análise descritiva, utilizando-se o recurso do estudo de caso e a coleta de dados secundários. Os principais resultados confirmaram a importância da Caritas para as famílias e empreendimentos populares solidários, além da evolução da trajetória e articulação da instituição de fomento à EPS.

Fontes :

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016