socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

Mutirões habitacionais: intervenção e pesquisa em um processo de construção de moradias populares

São Paulo : Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, 2008. Dissertação de Mestrado em Psicologia Social.

Juliana de Oliveira Barros Braz, 2008

Ler artigo completo na página de : www.teses.usp.br

Resumo :

Este trabalho tem como objetivo compreender o funcionamento de três associações comunitárias ligadas ao Movimento dos Sem Terra Leste I na construção de moradias populares em regime de mutirão e autogestão. O campo de forças que contribui para a configuração deste espaço coletivo passa pelo discurso do movimento, do qual as associações fazem parte, e sua estrutura interna, pelas formas como os técnicos do poder público vêem os mutirões e se relacionam com as associações, pelo funcionamento de outros movimentos, já que essas práticas também vão moldando a resposta estatal. Assim, buscamos compor o cenário em que se dão esses processos retomando o histórico dos movimentos sociais e dos programas de mutirões dentro da problemática estrutural da sociedade brasileira, os discursos que produziram e produzem estas práticas e os efeitos possíveis em sua dimensão micropolítica. O cotidiano de trabalho das famílias mutirantes, como se organizavam e discutiam as questões referentes à obra foram nossos principais interesses. Como resultado, apresentamos algumas discussões referentes à dinâmica das associações, à função das assembléias e das regras e o modo das tomadas de decisão tentando problematizar e apontar seus possíveis efeitos na produção de novas formas de organização. Como a pesquisa se deu intrinsecamente ligada ao trabalho como profissional, junto às associações de construção, o processo de pesquisa foi um transformar para conhecer e as descrições e problematizações que estão presentes nesta dissertação também são a sistematização do movimento constante de reflexão e atuação naquele processo de construção.