socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

A economia solidária é feminina? : análise da política nacional de economia solidária sob a perspectiva de gênero

Dissertação (Mestrado em Serviço Social)-Universidade de Brasília, Brasília

Priscilla Maia de Andrade, 2007

Download : PDF (1,4 MiB)

Resumo :

A presente pesquisa procura analisar, a luz do marco conceitual das relações de gênero, o desenvolvimento da política nacional de economia solidária, implementada pela Secretaria Nacional de Economia Solidária criada pelo Governo Federal no âmbito do Ministério do Trabalho e Emprego. Levandose em consideração que a Economia Solidária assume entre seus princípios a agenda e as reivindicações das lutas das mulheres, em direção à equidade de gênero, o interesse principal da investigação foi o de verificar como a promoção da igualdade de gênero encontra tradução nas políticas efetivadas pelo Estado para fomentar os empreendimentos e/ou a educação dos trabalhadores e trabalhadoras envolvidos no campo da economia solidária. Dentre os resultados alcançados, verifica-se que há ainda, apesar dos grandes avanços percebidos, sérios obstáculos a serem superados para fazer com que a transversalidade de gênero vá além da incorporação do discurso de gênero e assuma a condição de práxis dos atores públicos e fundamento das políticas públicas de economia solidária e do conjunto das políticas sociais que visam reduzir as desigualdades sociais.

Fontes :

Repositorio Institucional Universidade de Brasilia repositorio.unb.br/handle/10482/3505