socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

A ‘outra economia’: Um olhar etnográfico sobre a economia solidária

Dissertação de Mestrado submetida ao Programa de Pós-graduação em Antropologia Social, Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ,, Brasil

Sabine Lubbe Bakker, 2004

Ler artigo completo na página de : www.economiaviva.com.br

Resumo :

a segunda metade da década de 1990 surgiu no Brasil uma idéia que conquistou diversas entidades, organizações e pessoas. Ela se baseia na possibilidade de se construir uma “outra economia”, capaz de gerar renda e trabalho para os desempregados e de estabelecer novas formas de relação entre as pessoas e destas com o mundo que as cerca.

Em torno desta idéia todo um mundo está sendo criado. Um mundo cuja diversidade e ausência de fronteiras fixas constituem sua própria condição de existência.

Cuja fluidez e dinamismo são sua singularidade e maneira própria de existir. Esta idéia se chama Economia Solidária (ES). Seus defensores a consideram como sendo o conjunto de novas relações econômicas baseadas na cooperação, na democracia e no respeito ao meio ambiente, traduzidas pelo trinômio: “socialmente justo, economicamente viável, ecologicamente sustentável”. Estas novas relações poderiam ser construídas através de empreendimentos e associações em que os princípios da solidariedade da cooperação se sobrepusessem ao da competição e do egoísmo que caracterizariam o capitalismo através da busca pelo lucro a qualquer custo.

Neste trabalho, vou tratar a ES como o universo de pessoas, idéias e práticas particulares. Uma aproximação sobre quem são estes indivíduos, de que maneira, quando e onde atuam como agentes da ES, revela todo um universo de práticas e representações que constituem a ES como um fato social.