socioeco.org
Resource website of social and solidarity economy

O sujeito da economia popular e o desenvolvimento local: Analise a partir do plano de desenvolvimento integrado de Feira de Santana (1968)

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Cléo Emidio dos Santos Lima, Março 2016

I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016

Download : PDF (130 KiB)

Resumo :

A partir da análise do Plano de Desenvolvimento Local Integrado de Feira de Santana (PDLI, 1968), pretende-se observar as ações voltadas para o desenvolvimento local do município por meio de levantamento de propostas para os trabalhadores populares e para a indústria. Busca-se ainda compreender qual o lugar do sujeito da economia popular frente ao impulso dado no processo de desenvolvimento nos marcos da década de 1960. Preliminarmente, aponta-se a falta de prioridade de ações que contemplem o amplo comércio popular que se concentra no centro da cidade vide a baixa presença de propostas existentes no plano. O processo de desenvolvimento local foi assim capturado pelo viés hegemônico liberal ao promover uma modernização às avessas, ou seja, na qual a ação do município não potencializou a contento um importante sujeito da dinâmica socioeconômica local.

Fontes :

ANAIS I CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA E DESENVOLVIMENTO LOCAL: diálogo Brasil Cuba, Feira de Santana, 2016