socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

As cidades, actores da mudança

Eixo temático Que políticas públicas são necessárias para a economia solidária?

Em termos de políticas públicas, a cidade está localizada em uma escala próxima às necessidades dos habitantes. Jovens, idosos, pessoas afastadas do trabalho, saneamento, gestão de resíduos, mobiliário urbano, planeamento do espaço público, mobilidade, energia, educação, saúde, não faltam temas. A cidade constitui um ecossistema complexo (natural, patrimonial, cultural, humano) que deve ser cuidado diariamente. Em todo o mundo, os governos locais e os municípios, muitas vezes em consulta com representantes da sociedade civil, estão a responder às várias crises sociais, económicas e/ou ambientais nos seus territórios. A proximidade com governos locais, dependendo do tamanho das cidades, pode levar à criação de laços estreitos e à tomada em consideração da experiência dos seus habitantes na utilização da cidade, que se tornam então co-produtores de políticas públicas que os afectam directamente.

Para resolver estes problemas da vida quotidiana da cidade, alguns gobernos locais recorrem às iniciativas da economia social e solidária numa preocupação de desenvolvimento integral capaz de gerar rendimento mas também de criar coesão social, solidariedade, o fazer juntos, sentimento de pertença a uma comunidade, dar prioridade aos recursos locais para satisfazer as necessidades locais, consumo responsável, etc. Formação, apoio à criação de projetos, web sites de informação, quiosques de orientação, financiamento, apoio a incubadoras, compras publicas responsáveis, apoio a eventos de promoção da ESS, ações dos municípios para mudar a forma como encaram a ESS e tecem as suas iniciativas no quotidiano da cidade são exemplos dos quais podemos inspirar-nos…