socioeco.org
Website de recursos comum da economia social e solidária

Políticas que favorecem um segmento econômico

Eixo temático Que políticas públicas são necessárias para a economia solidária?

Alguns segmentos econômicos apresentam perspectivas mais que interessantes para as empresas da economia social e solidária. Estas empresas com frequência são criadas como resposta às necessidades que nem o mercado, nem o governo podem satisfazer, mas há também empresas da economia social e solidária nos mercados lucrativos. Por meio de uma combinação de recursos do mercado, de contribuições voluntárias e do apoio público, o empreendimento da economia social e solidária tem um papel decisivo, já que contribui a estruturar alguns mercados ou a garantir que as repercussões destes mercados sejam coletivas e ao mesmo tempo atendam de maneira eficiente os requerimentos de certos tipos de produtos e serviços. As políticas que favorecem o surgimento ou o fortalecimento de determinados segmentos econômicos (entre outros, meio ambiente, serviços pessoais, moradia, novas tecnologias, comunicações, turismo, serviços de alimentação, cultura e muitos outros) representam, portanto, ferramentas importantes para o desenvolvimento da economia social e solidária.

Um estudo de caso | 2 Documentos de análises/working paper/articulos

Um estudo de caso

2 Documentos de análises/working paper/articulos